Rua na aldeia de Quintandona

Rua na aldeia de Quintandona

sábado, 13 de junho de 2015

Tenho saudades minhas...



Pois é, o título diz tudo. Palavras para quê? Sinto saudades minhas, saudades de passear, saudades de voltar ao que eu era em 2014.  Desde que o todo poderoso ficou doente, que todos na empresa, acumularam mais responsabilidades. Por um lado é bom, porque nos torna mais activos. Mas existem dias em que noto,  que certas pessoas não sabem o significado da divisão de tarefas e é uma pena que assim seja. Ao fim de semana, sinto-me tão cansado, que nem me apetece passear, nem pegar no carro para ir ao Marco, passar o fim de semana, nem sequer ir aos meus tios, que vivem na zona de Lousada.

O cansaço, o sono, dá cabo de uma vida. Existem livros para ler, um monte de coisas para se fazer depois da hora do trabalho, e pura e simplesmente, não me apetece nada. Só apetece dormir. Tenho andado tão cansaço, que só me lembrei dos anos, da minha ex-namorada, passado 10 dias e nem assim, peguei no telemóvel para lhe mandar mensagem. É uma data que não se esquece, porque apesar dela já ter uma família, para mim, é inesquecível. Amei muito a pessoa, mas como foi a minha primeira namorada, para mim sempre foi especial. As primeiras namoradas, tornam-se sempre especiais, creio eu. 

Por hoje é tudo.   Tenham um bom  fim de semana

2 comentários:

  1. Força, querido amigo. Não te deixes abater! Aínda há muita vida para ser vivida! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá, comigo tudo bem e com a menina? Bom São João e diverte-te. beijos e um abraço

    ResponderEliminar